Pesquisar

pt br  en us

Login

 

capes horizontal   

Cnpq

        

periodicos2

 

logo faperj cor

 

 

Professora e Pesquisadora Sonia Fleury. Reprodução Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO).

 

As atividades de ensino do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional, da UFRJ, retornam em agosto de 2020.

Para ministrar a Aula Inaugural, o IPPUR tem a honra de receber a Professora e Pesquisadora Sônia Fleury.

Sônia Fleury é Pesquisadora do Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz, Coordenadora Geral do Dicionário de Favelas Marielle Franco e Membro da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO).

Aula Inaugural 

Data: 24/08/2020

Horário: 14h

Local: GoogleMeet e Canal da Agência IPPUR*

Em breve, link de inscrição para participar via Googlemeet.

Tema: A Desconstrução da Democracia Social e da Cidadania Urbana no Brasil

Link: Texto para debate

Sônia Fleury iniciou sua carreira acadêmica no Setor de Psicologia Social da UFMG, sob a coordenação do Professor Célio Garcia, onde desenvolveu atividades de docência, pesquisa e análise institucional durante a década de 1970. Neste período participou de análises institucionais com Michel Foucault e Georges Lapassade (ver G. Lapassade. Les chevaux du diable Une dérive transversaliste. Universitaires, Paris. 1974). 

No final dos anos 1970, trabalhou na FINEP, onde participou da implantação do programa de apoio a pesquisas que constituiu o campo da Saúde Coletiva. Ao mesmo tempo, atuou como pesquisadora do PESES/FINEP/FIOCRUZ, sob a coordenação de Sérgio Arouca, analisando o Complexo Previdenciário de Assistência. Participou ativamente na luta pela democratização, como liderança em algumas das mais atuantes instituições do setor de saúde como o CEBES e a ABRASCO, onde foi formulado e impulsionado o projeto da Reforma Sanitária Brasileira que resultou na criação do Sistema Único de Saúde - SUS. Durante a Nova República atuou como consultora do Ministério da Previdência Social, na gestão do Dr. Waldir Pires, onde se formulou a proposta de uma previdência viável e inclusiva. A participação política em organizações da sociedade civil também incluiu ser membro do conselho consultor do IBASE durante a gestão do Betinho, e refundar o CEBES como presidente na gestão 2006-2009. 

A experiência associada de militância e especialista na área a qualificou para exercer o papel de consultora da Assembleia Nacional Constituinte, para a elaboração do capítulo sobre a Seguridade Social da Constituição de 1988, na relatoria do Senador Almir Gabriel. Teve participação ativa na redação do documento preparatório e como expositora na 8ª Conferência Nacional de Saúde. Fundou o Núcleo de Estudos Político-Sociais em Saúde (NUPES), na Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz, com o objetivo de estudar de forma comparada a Reforma Sanitária Brasileira. 

Na Presidência da FIOCRUZ, assessorou o vice-presidente, Mario Hamilton no desenvolvimento da metodologia e implantação do o 3º. Congresso Interno da FIOCRUZ, uma experiência original de participação no planejamento institucional. Aposentou como pesquisadora titular em 1995. Trabalhou na Fundação até 2018, com seu trabalho em prol da construção de uma sociedade democrática e da universalização dos direitos sociais no Brasil foi reconhecido quando recebeu Medalha de Ouro Oswaldo Cruz do Ministério da Saúde em 2009 e em perfil traçado por Kelly Morris para a revista inglesa The Lancet, Volume 377, Issue 9779 (http://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(11)60720-4/fulltext#). 

Com a eleição de Lula, foi nomeada membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, CDES 2003-2006. Também foi Membro da Comissão Nacional sobre Determinantes Sociais da Saúde (CNDSS). 

Nos Estados Unidos foi Faculty Fellow do Kellog Institute for International Studies (1990/91) da Notre Dame University e Senior Social Development Specialist Lecturer no INDES o Banco Interamericano de Desenvolvimento BID- Instituto Interamericano para o Desenvolvimento Social, lecionando Políticas Sociais para gestores latino-americanos (1997/2002). Professora visitante em diversas Universidades na América Latina e na Europa. Membro de conselhos editoriais e acadêmicos em diversos países. Atuou em diferentes ocasiões como consultora tanto de Ministérios e órgãos do governo como de diversas organizações não governamentais no Brasil. Também foi consultora em vários países dos principais organismos internacionais: OPS, BID, UNDP, World Bank, FLACSO, dentre outros. Sua obra foi publicada em vários idiomas e países, contando com 143 artigos em publicações científicas, 105 capítulos de livros, 12 livros publicados, 14 coletâneas organizadas 

Fonte: Plataforma Lattes.

 

WhatsApp_Image_2020-08-06_at_15.39.28.jpeg

A edição n.32 do Boletim IPPUR destaca os 100 anos da UFRJ, divulga o evento "A Cidade e os seus outros", realizado pela Fundação Casa de Rui Barbosa e o IPPUR, a chamada comemorativa pelos 10 anos do GPDES e muito mais!

Link: tinyurl.com/boletimippur32

 

WhatsApp_Image_2020-07-16_at_17.38.38.jpeg

 

No Boletim 29, a participação do IPPUR no Festival do Conhecimento, crônica sobre a pandemia, reflexões sobre censura e os 10 anos do GPDES. Leia e compartilhe.

Link: https://tinyurl.com/boletimippur29

6b4e1d3a-6a65-4282-93d0-ea31405ddc19.jpg

 

A edição n.31 do Boletim IPPUR destaca as desigualdades persistentes em contexto de pandemia, divulga o Ciclo de Lives da Empresa Jr  Ânima Pública, do GPDES, e os Debates IPPUR. Uma entrevista sobre a privatização da CEDAE e um artigo de opinião sobre a classe média brasileira também estão na edição! Leia e compartilhe.

Link: https://bit.ly/2DpQ8gf

 

 

 

Em um momento de incertezas, em que o mundo e o Brasil enfrentam uma pandemia que se reflete em todas as dimensões de nossas vidas, convidamos a comunidade acadêmica para refletir e agir no presente urgente, mas também para construirmos juntos mundos pós-pandemia.

 

Em 2020, a UFRJ celebra 100 anos e quis a história que estivéssemos no front, combatendo uma crise na saúde de dimensões globais.

 

Essa é a universidade viva em que acreditamos com uma inteligência coletiva e solidária, construindo bem comum. O Festival do Conhecimento faz parte dessa trajetória. Para ter acesso à mais informações e à programação completa do Festival na íntegra, clique aqui. (https://festivaldoconhecimentoufrj.azurewebsites.net

 

O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional participará do evento através da realização de diversas atividades ao vivo e gravadas. A copiosa participação do corpo docente e discente do IPPUR mostra que a nossa universidade está viva, se mobilizando. Abaixo, segue a descrição das atividades que contarão com a participação do IPPUR.



Templates das Atividades 

 

ATIVIDADES AO VIVO:

 

DIA 15/07 (QUARTA-FEIRA)

- 14:30 às 16:30

MESA 3: Impactos sociais das mudanças no marco regulatório do saneamento básico e privatização da CEDAE

 

DIA 16/07 (QUINTA-FEIRA)

- 09h às 11h

MESA 1: A educação básica e o ensino remoto, mais um dos desafios para a gestão escolar

 

-14:30 às 16:30

MESA 3: A Gripe Espanhola: Encontros internacionais ‘o brasileiro entre os outros hispanos’: afinidades, contrastes e possíveis futuros nas suas inter-relações

 

-17h às 19h

MESA 4: A Cidade e o Silício: Transversais entre o Digital e o Urbano

 

DIA 17/07 (SEXTA-FEIRA)

- 09h às 11h

MESA 1: Desembranquecendo o ensino: diálogos entre raça, educação e arquitetura

 

- 17h às 19h

MESA 4: Cartografias Jurídicas: debatendo o mapeamento jurídico-espacial de conflitos fundiários urbanos no Rio de Janeiro

 

DIA 20/07 (SEGUNDA-FEIRA)

11:30 às 13:30

MESA 2: Atualização Profissional de Servidores Públicos na área da Seguridade Social

 

- 14:30 às 16:30

MESA 3: Arquitetura e Raça: a produção negra como referencial teórico e prático

 

- 17h às 19h

MESA 4: Conversa virtual sobre as histórias do urbano

 

DIA 21/07 (TERÇA-FEIRA)

- 11:30 às 13:30

MESA 2: O direito à cidade e a pandemia: dossiê sobre o covid-19 do Observatório das Metrópoles

 

DIA 22/07 (QUARTA-FEIRA)

- 11:30 às 13:30

MESA 2: (Re) configurações socioespaciais e organização popular no enfrentamento à pandemia: o caso da Teia de Solidariedade Zona Oeste (Rio)

 

DIA 23/07 (QUINTA-FEIRA)

- 17h às 19h

MESA 4: A crítica da economia de Keynes na política de Mariátegui

 

ATIVIDADES GRAVADAS: 

 

Vídeo Institucional do IPPUR

Conheça a Agência IPPUR

O segredo sobre o gasto público que a pandemia revelou para o mundo

Mineração e territórios em tempos de Covid-19

Desinformação, descomunicação e transformação do território

BNH: Controvérsias de uma política habitacional

Infraestrutura e Produção Social do Espaço - Debate/Palestra

Ciclo de Lives Ânima Pública - A Relação entre o Orçamento Público e Pessoal

Ciclo de Lives Ânima Pública - A dicotomia entre Gestão de Cultura e Cultura Popular

Ciclo de Lives Ânima Pública - A Gestão Pública das Crises

 

CONHECENDO A UFRJ: 

 

Depoimento Ana Braga Discente/Egresso GPDES/IPPUR

Depoimento Discente Egresso Davi Carreiro/GPDES/IPPUR - Conhecendo a UFRJ

Conhecendo a UFRJ - Gestão Pública para o Desenvolvimento Econômico e Social

 

UFRJ IPPUR - UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ